Me despeço e agradeço a todos nesta vida.

Antes de tudo, gostaria de agradecer a todos os conhecidos, amigos, colegas…Que sempre estiveram ao meu lado nesta caminhada de minha vida, ao longo de todos estes anos, obrigado pela existência de cada um de vocês, obrigado pelo respeito, pelo carinho, dedicação, pela força, dicas e conselhos, pois me ajudaram a chegar onde cheguei com muita felicidade e orgulho.

Anos e anos, dia e noite, cada segundo da minha vida…Sempre lutando, sonhando e desejando ser o que fui e o que cheguei a ser, um sonho de adolescente e realizado como um profissional reconhecido hoje.

Já caí, levantei, caí novamente e levantei várias vezes, conseguindo sobreviver em meio as dificuldades, sempre dizendo pra mim mesmo que era forte e capaz de cair mais vezes ciente de que levantaria com garra e determinação, talvez por achar ser mais capaz do que eu um dia pudera imaginar…Enganei-me!

Hoje com meus 28 anos de idade me vejo jogado no chão de uma forma que não consigo enxergar quem sou, o que sou, pra onde eu vou e o que fazer…Incapaz.

Anos e anos correndo para todos os lados a fim de sobreviver, ser reconhecido, poder de fato ouvir das pessoas que sou um profissional, que sou bom e que posso ser melhor e fazer mais e assim foi a minha vida, sempre realizando coisas em minha vida e vendo estas pessoas felizes e satisfeitas pelos meus feitos, não apenas por fazer, mas sim por que me fazia bem, que amava fazer e acima de tudo….vendo as pessoas satisfeitas.

Em paralelo a tudo isto, eu como todos praticamente, sonhando em ser feliz, não por um dia ser rico ou poder ter uma posição financeira satisfatória, mas sim feliz em ter uma pessoa em minha vida que pudesse me fazer feliz e eu a fazer também…Conquistar coisas a dois, sorrir, chorar, tropeçar e se estabilizar…A dois e poder parar em um instante de nossas vidas e poder olhar para traz e ver o que foi feito e conquistado pelos dois e sentir orgulho e felicidade.

Há um tempo não distante eu achei que tivera conseguido isto, mas pela segunda vez eu pude ter a oportunidade de ver que não…Que mais uma vez eu caí, porém foi diferente, de uma forma na qual eu não conseguia me enxergar, ver saídas, me situar… ao ponto de esquecer e não saber quem sou eu…

A única coisa que eu conseguia a todo instante sentir e ver era que, eu aprendi a amar uma pessoa, deixando tudo em minha vida de lado, não por obrigação, não para agradar, não para mostrar e sim porque eu aprendi a amar, pensei que não só amava e que estava sendo amado, vendo então que tudo o que eu passei a ser, o que conquistei era menor e menos importante do que este amor, então decidindo jogar tudo para o alto e seguir a frente com essa pessoa, criando uma nova vida, uma nova história, ser feliz…Viver.

Ao para um milésimo de minha vida, pude ver que eu havia aprendido a amar esta pessoa que tivera entrado em minha vida e que eu estava sendo a pessoa que eu sempre almejei ser, feliz…Fechei os olhos para poder sentir isto com mais intensidade….Abri os olhos e de uma forma estranha e confusa pude ver e sentir que eu estava sozinho, que a pessoa na qual aprendi a amar não se fazia mais presente…Eu não sentia mais o calor desta pessoa, o cheiro, não ouvia sua voz mais e com tudo isto, pude ver que esta pessoa na qual aprendi a amar e na qual eu acreditei…Tivera ido embora sem ao menos me explicar os porquês, não por ser obrigado a isto, mas ainda assim nunca mais o vi como a pessoa que aprendi a amar e na qual acreditei me amar…

Caí…Desabei…Tentei me levantar, porém de uma forma muito diferente de todas as outras vezes nas quais eu caí e levantei, esta era estranha, não consegui decifrar e entender, porém tentei de todas as formas e jeito…Ouvindo as pessoas falando que eu deveria sair dessa, tentar…Reerguer-me, esquecer o que aconteceu, ouvi tudo isto como um eco lá no fundo e confesso que por vezes tentei sair, levantar e ir…Segui a minha vida, mas de uma forma estranha eu pude ver que não, como se eu tivesse chegado ao fim da minha estrada e que, de alguma forma eu tivesse mais capacidade e sabedoria para criar novos caminhos e seguir a frente.

Sabe…Foi onde eu pude parar um pouco mais e ver que tudo isto começou no dia 08 de dezembro de 2008, onde acreditei no amor desta pessoa, colocando uma aliança em suas mãos, ato este que jamais em minha vida tivera feito por ninguém, mas fiz com orgulho e felicidade…Senti a pessoa que amo estranho, porém guardei comigo mesmo, pois talvez pudera ter sido uma impressão errônea de minha parte…Não era…A pessoa se foi.

Hoje me sinto sem vida, vazio, por praticamente um ano sem entender o que aconteceu, o porquê, uma interrogação muito grande no que hoje digo ter sobrado de minha vida e cá esta interrogação foi ficando, crescendo e incapaz de achar respostas.

Hoje…Não que eu tivera decidido parar…Apenas sem forças para ir, seguir o que por anos e anos de existência tivera chamado de minha vida, pois eu não estava sendo mais capaz de sentir e nem mesmo enxergá-la…Vazio.

Parei…

Peço perdão a todos que sempre quiseram me ajudar, me fazer brilhar, ser alguém nesta vida, agradeço a todos vocês pelos carinhos e respeito, mas hoje encerro toda a minha história que um dia chamei de vida, não a tenho mais, ela se foi, nunca pensei que chegaria um ponto da minha existência em que a minha vida pudesse ir…Deixando-me para traz, no esquecimento, sendo apagado a cada segundo.

Pois assim termina a minha história de vida…

Diante de tudo isto, sentindo e vendo que a pessoa na qual eu amo muito tivera ido embora e levado com ela a minha vida…Que ela pudesse um dia voltar e dizer pra mim “Senti saudades”, mas não…Quase um ano depois por mera vontade do destino talvez, pude ver a pessoa que eu amo num lugar no qual sempre abominou, que tivera pedido a mim para nunca mais ir, nem a trabalho, nem com ela e nem mesmo sozinho…Levei uma semana e meia para entender parte de tudo isto e pude ser infeliz em ter algumas respostas, só minhas talvez…Mas entendi.

Despeço-me de todos vocês, de todos os que me conhecem, dos me conheceram, dos amigos, dos colegas, dos profissionais que me ensinaram e que deram apoio para ser e chegar onde cheguei e levo com todo carinho todas as lembranças, sorrisos, brigas, entendimentos, palavras, tudo…Levo comigo e jamais esquecerei.

Talvez possam achar que fui fraco e incapaz, pois talvez eu tivera sido assim realmente, mas nunca passei por isto e fui incapaz de lidar com tal situação…

O mais importante de tudo no que restou da minha vida foi poder ver e sentir que eu amei, amei de verdade, talvez até mesmo de uma forma na qual eu pudesse ver que nada sabia sobre o que era um amor, que não é apenas uma forte palavra, pude ver e sentir que sim…Desta vez eu realmente aprendi o que é o amor.

Hoje fico por aqui nos meus 28 anos de idade e logo a frente esquecido diante de todos e de tudo, pois eu pude ver que fui esquecido pela pessoa que eu aprendi a amar e que, dei a minha vida e não me arrependo em momento algum, pois eu aprendi o que é o amor e acima de tudo, amei.

Não irei citar nomes, mas…um dia a pessoa que eu amei irá entender a vida, as coisas, o ser e estar, a razão…Quando isto acontecer, já terei caído no esquecimento de uma existência.

Finalizo me despedindo de todos dizendo o seguinte:

Lute…corra atraz…ame…..mas ame de verdade…..se entregue…..se doe ao máximo, pois o amor entre dois homens existe sim, é verdadeiro, único, grandioso…não desista nunca…sonhe muito….um dia….quando as coisas mudarem….os tempos forem outros….isto poderá dar certo e você será muito feliz….acredite.

 

Um dia…você será feliz…e poderá sentir e ver que a felicidade é muito mais do que desejou.

 

Adeus a todos com muito carinho.

 

 

Dj Alex Brazil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: